131- PAIXÃO
  Marcos Loures

  Na pálida tragédia irresistível!
  Penhasco insensatez e tempestade.
  A força que devora, é invencível
  Arrasta toda pedra da cidade...

  Nas trevas amazônicas, possível,
  Nos olhos das serpentes qualidade...
  Não cabem nem comportam tal desnível.
  As luzes que roubamos, claridade...

  Invade, arrebentando me arrebata!
  Não sobram nem migalha arquitetônica
  Enchentes que transbordam emoções...

  Paixão assim, quem dera se platônica,
  Me corta, me tortura, é vil chibata!
  Sem medo se destrói nas explosões!


  *****

    132-PAIXÃO
   Muriel Elisa Távora Niess Pokk



  Acordo feliz ao teu lado.
  As aves gorjeiam e cantam nas árvores...
  Esse cantar são hinos feitos por elas
  para festejar o nosso amor.
  Os raios de sol penetram pela janela
  e deitam-se maliciosamente sobre teu corpo nu.
  Dormes.
  Fico admirando cada parte de teu corpo...
  Tua pele bronzeada, teus cabelos loiros;
  Teu rosto, tua barba cerrada;
  teus ombros largos;
   teu peito forte coberto de pelos dourados;
  tuas coxas grossas; tuas pernas bem torneadas.
  Pareces um deus.
  Te amo.
  Te adoro.
  Te quero.
  Te desejo.
  Em pensamento te saboreio.
  Todo meu corpo estremece de paixão.
  Sinto ciúmes dos raios de sol...
  delicadamente deito-me sobre ti...
  não quero que nada te possua,
  a não ser eu
   

****


  133- SAUDADE DE SEU BRILHO...
  Rogerio Miranda

  Seu amor
  deixou marcas
  fazendo do passado
  uma fonte
  de saudades...
  Jorrando sentimentos,
  que deixaram
   marcado no tempo
  a presença dos sonhos
  que juntos
  vivemos...

  O buquê de rosas
  que escolhemos
  para presentear
  nossa união,
  virou uma  poesia
  que hoje
  esta fechada
  no livro
  de nossa historia...

  A estrela
  que nos acompanhava
  nas noites,
  onde de mãos dadas
  passeávamos
  recebendo,
  do mar as ondas
  que chegavam
  até a areia
  para caminharmos
  sob um tapete
  de espumas...
  Sente saudade
   de nosso olhar
  que conversava
  com seu brilho.....
  poeta da paz
 

***

 
134-  AMOR PARA SEMPRE
  Etelvina Costa

  Amei-te amor
  Ah! Como eu te amo
  E como continuarei
  Eternamente a amar-te...
  Hoje e sempre
  Te trago
  juntinho a mim
  no coração na alma na ilusão


  amei-te amor
  e ainda te amo
  nunca meu amor se perderá
  nem nas brumas do tempo
  se apagará....
  nunca esta paixão enfraquecerá
  ela vive comigo
  dentro do meu ser
  é chama viva
  que me faz viver
  e terna tão terna
  que me faz renascer.....
  não serei nunca
  um naufrago da ilusão
  mas o timoneiro
  do meu coração
  partirei com este amor guardado
  sob o sol ardente
  ou no mar encrespado
  pisarei a areia fina
  me envolverei na espuma
  oferenda ao meu cansaço
  docemente adormecerei
  sob o luar que nos iluminará
   e quieta e apaixonada
  eu rezarei....

    ***


  135- PAIXÃO É QUERER
  Alenir Vilas Boas Favaro

  Fogo que queima a alma....
  É uma sensação de pecado!!!
  Será que deus perdoa
  está louca loucura?????

  Mais é muito gostosa essa paixão...
  Parei, esperei que a vida me desse você de novo!!!

  Suas carícias, com suas mãos suaves deslizando o meu corpo!!!
  Que treme de desejos...

  Sua boca procurando a minha
   que se entrega
   no mais apaixonado beijo....

  Delírios, realidade,
   nessa hora nada mais importa
   só eu e você!!!

  Mesmo longe ainda causa arrepios, quando me aproximo de lugares
  ou situações, que lembram você..

  A química dos nossos beijos
   é envolvente, enlouquece o coração...

  Dá razão  à alma!!!!!!!!

  Ah!!! Essa maravilhosa paixão,
   poderia morar em qualquer lugar
   do universo mas,
  escolheu o meu coração!!!!

  Vamos viver está paixão
   sem limites,
  sem fronteiras,
   sem razão,
   só com o coração!!!!!
  Alenir Vilas Boas Favaro
  05/09/2006
 

***


  136-PAIXÃO
  Monika moscht

  Se seu amor for o fogo,
  Eu seria as mil flamas nele.
  Se seu amor for a água,
  Eu seria os mares do mundo,
  se seu amor for ar para respirar,
  Eu seria todas as tempestades e vendavais.
  Se seu amor for o país,
  Eu seria as raizes das árvores.
  Se seu amor for vozes,
  Eu seria todas as línguas do mundo.
  Se seu amor dos céus for,
  Eu seria o universo e as estrelas.
  Se seu amor for a noite,
  Eu seria a lua, nele parece.
  Se seu amor for o sol,
  Eu daria a vida para tudo.
  Se seu amor for
  o arco-íris,
  Eu sou as cores, polychrome e brilhante.
  e - seu amor, esta morte é,
  Eu seria este formulário, estas vidas.
  E, se seu amor não for,
  minha paixão foi carregada nunca.
  (C)by MoSch

***


  137-OBSESSÃO E PAIXÃO

  José Ernesto Ferraresso

  Eu a queria de todas as formas,
  Meus desejos eram evidentes,
  Ela sabia de meu interesse,
  Mas não demostrava e tornava-se ausente.

  Eu a admirava a todo  instante,
  Sonhava tê-la em meus braços um dia,
  Sei que esse amor era distante,
  Mas sempre uma esperança eu via .

  Os dias passaram, os meses chegaram.
  Sua imagem sempre na recordação,
  Do meu pobre e sofrido coração.

  Será que um dia eu a teria?
  Só tempo um dia a mim mostraria,
  Esse amor, essa paixão, tornou-se até uma obsessão.
   04/02/2006

   ***
  
  138- MIRAGEM
  Clara Strapazzon

  Sinto tua voz me chamando
  Tuas mãos me tocando
  Teus lábios beijando os meus
  Lembranças do último adeus.

  Vejo o teu olhar sedutor
  Na miragem da imaginação
  Fico atônita, com tanto esplendor,
  Que embriaga a minha paixão.

  Vejo-te através das estrelas no céu
  Vejo-te espelhado nas águas do mar
  Cubro meu rosto com um imenso véu
  Ainda assim vejo teus olhos a brilhar.

  Como posso te explicar
  Tanta luz no meu olhar,
  Que percebem tua presença
  A milhas de distância?

  Só um grande amor consegue entender
  As batidas constantes de um coração,
  A loucura que se faz presente no querer
  Tornar realidade uma Grande Paixão.

    ***


 
139-FLOR DA PAIXÃO
  Zena Maciel
  
  Embalo-me nos versos da poesia
  Sob a batuta da sinfonia
  do bendito verbo amar

  Amar...um impossível amor
  que como o beija flor
  encanta o jardim do  coração

  Coração tão distraído
  pelas  rimas esquecidas
  no solfejo do verbo sonhar

  Sonhar com o beijo da primavera
  que com o néctar das quimeras
  desabrocha a flor da paixão

  Recife
  

***


 
140-VOCÊ É MEU ...DISSE ELA!
  LuLopes
  
  Posso pegar disse ele
  Eu vou gritar disse ela
  só uma vez disse ele
  dá prazer disse ela
  
  Posso ir mexendo disse ele
  Depende quanto disse ela
  Bastante então disse ele
  Porque não disse ela
  
  Vamos lá disse ele
  não muito lá disse ela
  Onde é muito lá disse ele
  Onde você está disse ela
  
  Posso assim disse ele
  Como assim disse ela
  Desse jeito disse ele
  Por um beijo disse ela
  
  Posso pôr disse ele
  será amor disse ela
  Se você quer disse ele
  Eu vou morrer disse ela
  
  Mas é a vida disse ele
  Mas e TU disse ela
  Vai disse ele
  Ai AI disse ela
  
  O máximo disse ele
  não pára disse ela
  Nem pensar disse ele
  Devagar disse ela
  
  V v vem? Disse ele
  Simmm disse ela
  você é uma deusa! Disse ele
  você é Meu disse ela!
 

 


ARTDESIGNER:
SuDam
Colaboração
Tania Lemke
 
 
 Participantes 01 a 10 Participantes 11 a 20
 Participantes 21 a 30 Participantes 31 a 40
Participantes 41 a 50 Participantes 51 a 60
Participantes 61 a 70 Participantes 71 a 80
Participantes 81 a 90 Participantes 91 a 100
Participantes 101 a 110 Participantes 111 a 120
Participantes 121 a 130 Participantes 131 a 140
Participantes 141 a 150 Participantes 151 a 160
Participantes 161 a 168

 

 

Voltar